quinta-feira, outubro 28, 2010

Décimo primeiro noturno

Dividiste

tudo

errado.


Reservaste

o melhor em ti

para mim.


Guardaste

o pior

para ti.


Eu te amaria

com teu pior

contanto que ele

não te levasse.

2 Comments:

At 1:16 PM, Blogger Amanda Borba said...

Eu te amaria

com teu pior

contanto que ele

não te levasse.

Não sei como vc consegue transformar uma coisa tão triste em algo tão lindo.

 
At 9:27 AM, Anonymous Anônimo said...

Lindos os poemas, dona Flávia. Todos.
Samarone.

 

Postar um comentário

<< Home