sábado, abril 30, 2011

O ofício da espera

"Contraditoriamente, somos seres solitários e solidários."
Antônio Paulo Rezende

Espero
calada
tua chegada.

Revelo
essa rotina
sem sequer
uma palavra:
meus olhos
resumem
a fadiga...

Esse tráfego
incessante
do cotidiano
é apenas
um disfarce:
estou toda
concentrada!

Em lugar
de gritar,
guardo a palavra
mais serena
e bonita
para pousar
na tua boca.

Esse poema,
sou eu tentando
dizê-la
para consolar
os aflitos...

12 Comments:

At 6:55 PM, Blogger Karla Elizabeth said...

Pois é, esse mundo é de esperas. Esperamos o que não conhecemos, o que fantasiamos. Muito amplo e antagônico isso, não é?

Daí aprendemos a esperar o inesperado.

A vida nos ensina a arte de esperar quase que sem querer.
"Talvez eu não esteja tão feliz hoje, mas, quem sabe não fico um pouquinho mais amanhã?" Colocamos fé em nossa vontade e assim damos um beijo no futuro.
E, como você mesma disse, essa é uma 'rotina' que por tão bela e delicada que você sabe transmitir como ninguém, Flávia.

 
At 11:56 PM, Anonymous Anônimo said...

Cara flávia, só conheço esse modo de me comunicar com você então vai ser assim mesmo. Ano passado fui seu aluno no cursinho de Vicente e Flávia (você não vai se lembrar de mim por nome, mas fui eu quem leu "Casa dos Espíritos" e mandou uma cartinha por você para uma aluna do ideia). Primeiramente eu quero agradecer, por um ano de aulas quinzenais (as de literatura) e também por um ano de espetáculos quinzenais (as aulas de redação). Durante um ano, todo os finais da tarde de quinta feira foram recheiados de entusiasmo e ideias novas. Minha família e amigos não aguentavam mais ouvir "flávia diz que..." ou "de acordo com flávia..." toda vez que eu ia comentar sobre qualquer assunto da atualidade. Passei no vestibular, 5º lugar em publicidade na federal, mas devo a você mais do que minha entrada na faculdade. Lhe devo ideias e conhecimentos aos quais não é possível botar um preço. Hoje eu ainda estou me recuperando do vício nas suas aulas e nas aulas de Serafim. Vocês dois são mestres e conseguem cumprir belamente a missão tão simples e ao mesmo tempo tão nobre que é ensinar.

obs:. não se preocupe com a parábola dos talentos, Deus não tem o que reclamar de você nessa questão

 
At 12:00 AM, Anonymous Anônimo said...

ah esqueci:

assinado: Cesar Castanha

 
At 8:33 PM, Anonymous Ju Resende said...

Que lindo! Sinto saudade de te ver recitar esses poemas na aula. Ficam com mais emoção do que quando lidos. Sinto saudade de você, das conversas...
Espero que esteja tudo em paz. Um beijo bem grande.

 
At 9:16 PM, Anonymous Anônimo said...

Flávia

Flávia:
Gostei muito pela beleza articulada com palavras que cabiam nessa beleza. Muitas vezes, desandamos na escrita, por não sabermos das intimidades das palavras. Você as tem no coração, por isso tudo flui com magia.Grato por ter usado minha citação como epígrafe. Uma emoção.
beijos
Antonio Paulo

 
At 9:28 PM, Anonymous Anônimo said...

Professora, neste fim-de-semana eu pude ler com mais calma o seu blog.
E a minha impressão inicial se confirmou. Muito informativo, numa linguagem acessível para qualquer público, mas com aquele quê especial para quem gosta de Literatura, bom texto em geral(...).
Já virei leitor assíduo.
Abreijos
Benjamim

 
At 9:54 PM, Anonymous Anônimo said...

Tia:
Algumas vezes ouvi você falar do seu blog e lembro que até já tinha lido um esboço de um texto seu, mas confesso que a leitura não me atrai muito (um defeito, eu sei), me interessava mas nunca lembrava de entrar no blog e, hoje, não sei por que, entrei e me vi lendo sem parar durante toda a tarde; adorei os textos, me identifiquei, me emocionei, dei risadas e acabei de ler me sentindo diferente, melhor. Enfim, obrigada pela tarde(que eu até tentei achar uma palavra para definir mas não consegui, acho que é porque não sou muito boa nisso) Ah! concordo plenamente com quem diz que vocês são uma família narrativa.Beijo, Dani.

 
At 9:32 PM, Blogger Roberta Galdino said...

Olá...
Gostei muito do Blog!
Tens muito bom gosto
Parabéns pelo talento.
beijos


http://rgqueen.blogspot.com/

 
At 3:19 PM, Blogger rayana said...

Professora, leia um texto nesse site: http://cloacanews.blogspot.com/

O título é:

"'Por uma vida melhor': por que abolir os conceitos de “certo” e “errado”"

Beijos!

 
At 11:07 AM, Blogger Alice said...

Fui sua aluna do pré vestibular do ideia ano passado, estou fazendo ciências sociais(bacharelado) na UFPE, era mesmo o que eu queria. Lembrei que você disse que sempre falta algo ao ser humano e lembrei do seu jeito alegre e triste de ser. Essa dança de Sylvie Guillem é muito bela, quis que você visse.

A última dancinha achei deslocada, só assistindo a apresentação ela faria sentido.

http://www.youtube.com/watch?v=Dcrnu3UIELk

Ma(Marina Ribas)

 
At 4:13 PM, Blogger niedja maria said...

Querida, no dia 15/07 na sexta-feira as 19 hs, estaremos comemorando o Dia do Mestre Espiritual,Gurupurnima. É o Mestre da ciência do Espirito,afastando as trevas, tal como faz o sol.Gu significa escuridão, trevas e Ru significa aquele que dispersa as dúvidas é comemorada na Lua Cheia
Estou lhe convidando para juntar-se a nós, será uma noite muito auspiciosa.
Um grande e fraterno abraço.
Niedja( esposa de Almir, ex-ave sangria)

Endereço: Rua Sílvia Ferreira, 369 - Piedade - Jaboatão
obs: indo p/Piedade entra na rua da concessionaria Peugot,e entra na
primeira a esquerda.

 
At 11:11 PM, Anonymous Anônimo said...

é u presente de Deus ter conhecido vc. É um presente seu para todos que cá vem escrever esse blog. Mato minha saudade de uma amiga fantástica aqui. Sou presenteada com coisas lindas aqui.

Érica =**

 

Postar um comentário

<< Home