segunda-feira, novembro 08, 2010

Vigésimo segundo noturno

Tu me amavas:

naquele tempo,

mesmo sem dia,

tua vida cuidou

da minha...

4 Comments:

At 10:57 AM, Anonymous Paulo Gustavo said...

Belos e densos poemas!
Seu admirador,
Paulo Gustavo

 
At 7:52 PM, Anonymous Valkiria Pereira said...

Lindooooooo!!!! Quando eu crescer, quero ser IGUAL a você! :D

 
At 10:57 AM, Blogger Amanda Borba said...

"tua vida cuidou da minha"

que coisa mais linda! =)

 
At 6:44 PM, Blogger Branca said...

Muito lindo. Tem um talento incrível, Flávia!

 

Postar um comentário

<< Home