sexta-feira, maio 28, 2021

OUTRO CONCEITO

A raiz da escuta

não é o silêncio.

Toda palavra

de verdade

é uma pergunta

com o inconveniente

da surpresa.

 

Também a quem escuta

cabe

a alegria difícil

da descoberta.

terça-feira, abril 20, 2021

CERTO PEDIDO

Desejo,

não te vença

este tempo de morrer.

 

És o fio

onde se acende

o fogo

de minha vida...

 

Que pensem todos

que o rumo

encontra-se

no mar,

estrada apagada.

 

Tu deves insistir:

ele está

nos astros

e suas rotas pertencentes.

sábado, março 20, 2021

COMPROVAÇÃO

Há certa tristeza

na voz do meu desejo.

 

Ele existe,

é fato.

Mas arqueja,

e esta sombra lenta

mais o impede

de respirar.

 

Meu corpo ferido

pela ausência

pelo tempo

queixa-se

do que não teve

e não pode ajudar:

fala uma língua

perdida

que quase ninguém

entende.

sábado, fevereiro 20, 2021

ECO DO DESEJO

 Não é no tempo

que te espero.

Nem no corpo.

Minha espera

é invisível

e mais essencial,

feito ar

ou seiva.

 

Faz-se

com o que

não há de obter.

sexta-feira, janeiro 01, 2021

PRECE

O mundo

é uma obra

mal cumprida:

as emboscadas

são o pão

de cada dia.

 

Mas tamanho desejo

é o corpo sobrevivo,

que esta prece

confia

e imagina.

quarta-feira, dezembro 30, 2020

A PALAVRA AMOR (para Lula Arraes)

O tempo da morte

é sempre:

o mundo foi desenhado

com homens e bestas;

portanto, com traços

de guerras e pestes.

 

Escrita na areia,

a palavra Amor

todo dia

é apagada

pelo ódio

e suas teias

de barulho

e de perigo.

 

Escondida,

uma frágil mão

a redesenha

no escuro...

 

Ainda não foi vista

como forma,

mas é no terror

que mais esmaga

que o poder

do seu sussurro

pinga a sua gota

indestrutível.

sexta-feira, novembro 20, 2020

SEGUNDO DICIONÁRIO

Não refiro

destemidos.

 

A coragem

é de quem

sente medo.

 

E resiste.